• Recentes

    sábado, 14 de janeiro de 2017

    Music On: Com Extremo Signo "Eu não tenho dúvidas do meu potencial"

    Como primeiro convidado do ano 2017, o nosso programa Music On "O Seu Programa De Entrevista" teve com um dos pilares do Hip Hop Nacional "Extremo Signo", membro e Vice-Ceo da YEBBA ENTER. O mesmo contou-nos sobre o seu trajecto até agora, sua visão com base o estado do Rap actual, metas.

     Music On
    Quem é o Extremo Signo?

    Extremo Signo
    Sou Leonardo Bruno Melo Silva, tenho 33 anos, venho de uma família de artistas, comecei a cantar com 14, nasci e cresci no Rangel.

    Music On
    O que influenciou a tua entrada no Rap?

    Extremo Signo
    Nasci e cresci no Rangel, na altura eu ouvia SSP, e tinha amigos, vizinhos meus... Bradas com quem eu estudava que faziam playback dos mesmos, visto que na altura eles eram a massa do Hip Hop Nacional.
    - Enquanto meus bradas faziam playback, eu fui gostando daquilo, que cheguei a fazer playback de um grupo Português "Black Company", descubrindo o gosto pelo Rap e a dada altura notei que consigo criar as minhas próprias rimas, daí começando a fazer freestyle.
    - Na altura fazia parte do grupo TB Rappers, depois entrei num grupo formado por parte dos membros desse mesmo grupo, a "UnoCzar" até saíndo por motivos internos. Passei por vários grupos, crews e acabei por me juntar a um núcleo de rappers em q a base era a amizade e o facto de terem crescido juntos e no município do Rangel... A Squarmoff Gang.
    - Por flows, punschiline fui me tornando notável o q se tornava cada vez mais evidente, participando em vários Show's, mixtapes de vários artistas, até o tempo actual.

    Music On
    Lançamento?

    Extremo Signo
    Lancei a minha primeira mixtape com a minha Crew a "Squarmoff Gang" intitulada "O Ninho dos Craques" em 2008/9, depois a solo a mixtape "Força da Natureza Vol. 1 em 2011" , mixtape "Efeito da Força Vol.1 com Ready Neutro" em 2012, mixtape "Isto Não É Um Grupo" com Elenco de Luxo, em 2013,a mixtape "Reunião Familiar" em 2015 e a mixtape "Força da Natureza" Vol. 2 em 2016.

     Music On
    Como achou a recepção da Força da Natureza Vol. 2 ?

    Extremo Signo
    Na verdade tive a recepção/feedback esperado!
    - Aproveito dizer que lancei a mixtape Força da Natureza Vol. 2 com intuito de recuperar aquilo que eu tinha perdido a partir do momento que eu tive sucesso com Elenco de Luxo, que é a minha identidade a solo.
    - ACRESCENTOU: Foi o ponto mais alto da minha carreira até agora (Projecto "Isto Não É Um Grupo" com Elenco de Luxo).

    Music On
    Conceito de Underground & Comercial (MenStreem) ?

    Extremo Signo
    Underground significa subsolo (Baixo), não é o que escreves ou cantas, é o estatus level em que você se encontras. Porque quando estás em cima, és conhecido, já não és Under.
    - Por Exemplo o MC K, a meu ver não é Under, é um rapper de intervenção "Menstreem"... Só que a estafeta foi mal passada pela Old School. Na verdade, "Underground" é anonimato e "Menstreem" é mediatismo.

    Music On
    Como vês o estado do Hip Hop actual?

    Extemo Signo
    Ao contrário do sentido comercial que cresceu, no sentido espiritual morreu.
    - Antigamente os rappers eram muito investigativos, o Rap era muito forte quando havia pessoas de causa pra fazer isso, quando em vez de falar de calças, bebidas, marcas disso, procurava-se transmitir mensagens construtivas. Não se falavam só de drogas, putas, festas, garrafas e ma vida. Hoje em dia vês qualquer um a fazer isso, na verdade, chegas a comprar ou baixar na Net obras com 12/15 faixas das quais 90% delas parecem a mesma música de ostentação.
    - Eu acho que numa escala de 0 à 100, 80% são vazios. Precisam de mais bagagem pra fazer Rap, embora hoje seja o estilo que mais vende em Angola.
    Tem de haver originalidade, por exemplo o Phay Grande o Poeta é um artista que canta o que vive e bate por isso. Os putos da nova escola, alguns como TRX Music, ou os meus putos dos Flava Sava e MOB, vias que eles estavam a viver o que cantavam, é essa diversidade de realidades que é importante no Rap.


    Music On
    Qual teu rapper favorito em geral?

    Extremo Signo
    - Eu não tenho rapper favorito, gosto de ouvir Elenco de Luxo, Phay Grande, MC K, Army Squad, Kalibrados, Alirio, etc...
    Na Nova Escola: Leonardo Shankara, CFK, MOB, TRX, Ascenção um grupo que é diferente dos iguais (sem desprimor aos outros).
    Internacional oiço:
    Eminem, 50 Cent, Lil Wayne, Kendric Lamar, Boss AC, Valete, Regula e poucos mais... Em Moçambique o Duas Caras (G'Pro), e a Same Blod. Mas desde sempre gostei de ouvir Busta acima de todos.

    Music On
    Existe desentendimento entre o Extremo Signo e a Pirline?

    Extremo Signo
    Extremo e a Pirline tiveram uma história que foi fixe à princípio, mas a máquina não trabalhava tal como devia ser, comecei a ver que havia preferência e segregação.
    - Eu não digo isto com intencão de borrar a imagem da Pirline e nada tenho contra o Reptile ou a sua produtora. Quando entrei tinha uma boa impressão com relação ao trabalho do Reptile e da Pirline, porque no circuito Rap eles conseguiam espalhar as cenas como deviam ser. Mas estando lá dentro vi as coisas mudarem de figura, pois o modo de distribuição era medíocre, a promoção era pouco abrangente e os objectivos pouco ambiciosos. As vendas das cópias da minha mixtape e os shows q tive eram sempre agendados , arranjados e produzidos pela "Yebba Enter", logo, a Yebba estava a fazer um trabalho que era responsabilidade da Pirline. Mas o que me chateou mesmo foi quando em alguns momentos eu ía as festas e encontrava a Pirline em palco sem ser informado ou "convocado". Daí notei que havia preferência da parte do Reptile, o que me deixou muito triste.
    - ACRESCENTOU: Sair da Pirline pra Yebba Enter foi a melhor coisa que eu fiz pois deixei de um mero artista de uma produtora para Sócio igualitário de outra em que pelo empenho, trabalho, dedicação atingi o auge da minha carreira.

    Music On
    Porquê a mudança de king pra imperador?

    Extremo Signo
    - Eu quando me chamava King, era de "King das PunshLines, O Dono das Ruas" era o meu slogan... A dada altura começaram a surgir vários Reis: Rei do Pânico, Rei da LS, aparecendo inclusive alguém a dizer era o King das PunshLines. E eu disse: " Não... Eu não quero ser mais um deles."
    - Sem desrespeito por àqueles que se intitulam KING'S até porque o Rei do Pânico é o meu tropa e amigo Double S, eu não me vejo ao mesmo nível que eles no sentido literário, eu me considero melhor que eles e saí "De King Para Imperador" neste sentido.

    Music On
    Um seguidor afirmou Extremo Signo ser convencido em suas músicas, perguntando porquê?

    Extremo Signo
    As pessoas confundem convencido com auto-confiante, eu tenho um amor próprio que me permite aceitar aquilo que eu sou, eu tenho noção das minhas capacidades, eu sei que sou um rapper fudidasso... Eu não tenho dúvidas do meu potencial.
    - Eu não sei se posso me chamar convencido, mas eu sou ciente das minhas capacidades, e assumo que sou "BOM" no que faço. Extremo Signo a solo tem um formato, que é a Força da Natureza, Skillz, PunshLines, e em grupo dependentemente da obra.
    - ACRESCENTOU: Ninguém ofuscou Elenco de Luxo, nós resolvermos não lançar o Vol.2, e foi sorte pra outros artistas aparecerem... Se continuássemos o projeto ("Isto Não É Um Grupo"), no meu ponto de vista não apareceriam. É por isso que me chamam de convencido... Por ser ciente das minhas capacidades e dizer o que penso sem receio das repercussões .

    Music On
    Verdades no Rap Nacional ?

    Extremo Signo
    Os artistas que não são chamados de convencidos, mandam músicas em que denigrem outros artistas, inclusive de outros estilos... Falando da Força Suprema vs Projecto X, FS mandou biff pra todos os rappers sem excepção:
    - "Estamos a comer o pão de todos, inclusive das Lendas"
    Pergunto, quem são as Lendas?
    R: São os relevantes do Hip Hop Nacional, mas epah! Se eu fosse o Kota Big Nelo me zangava, até porque é o Slogan dele.

    Salute ao Projecto X !!! Fizeram bem de ter respondido a Força Suprema, caso não fossem eles seria Eu e seria pior.

    Único mal que o Projecto X teve nisso, foi não ter me convidado para o som de estreia😂😂😂(brincadeira).

    Atenção!
    - Eu não tenho nada contra Força Suprema, não somos amigos, mas também não nos damos mal, mas "Isso é Rap" e quem dispara tem q esperar disparos de volta, os fãs têm que perceber isso e deixarem de ser parciais

    Music On
    - Acha que a sua última obra foi relevante para o circuito Hip Hop?

    Extremo Signo
    - Na minha opinião pessoal, no circuito Hip Hop, não acho que haja uma obra de 2016 que seja mais forte que a minha.

    Music On
    Pra terminarmos... Podes nos dizer como está o álbum Efeito da Força 2 em questão de Agenda ?

    Extremo Signo
    O "Efeito da Força Vol.2" está dope e será com certeza uma obra da qual darei até a minha última gota de sangue para que agrade os meus fãs.
    Está prevista pra Fevereiro.
    - Agora estou a trabalhar com um time mais experiente na matéria, e a minha agenda agora vai depender muito do nosso plano de marketing e venda, porque serão vendas & show's em cada província que formos, sem contar as festas e eventos variados que vão surgindo no decorrer do processo.


    Music On
    Ok, desejamos sucessos!
    Muito obrigado, e assim terminamos com a nossa conversa... Até lá!



    Music On "O Seu Programa De Entrevista"

    6 comentários:

    1. Um dos meus melhores Rappers em Angola e no Mundo.

      Uma coisa que ele disse e uma pura verdade. em 2016 não teve uma obra melhor que FNV2. fOI E É A MERDA TODA.

      ResponderEliminar
    2. Os manos do Projecto X fizeram bem de responder a força Suprema quem disse que alguem dispara e não espera de bons despararo, se foce cota Big eu iria fica fudido a porque ate tiramos pão da Lenda.

      Extremo falaste tudo.

      Melhor mixtape de 2016 Força da Natureza.

      ResponderEliminar
    3. Extress. Melhor
      Se fosse eu a responder a fs seria pior...

      Minha pergunta, quero o trator 2

      ResponderEliminar
    4. Força Mano Que Continues a Trabalhar
      Quero o Vol 2 do Into Não é Um Grupo

      ResponderEliminar
    5. Extremo não tem como.
      .
      continua a fazer o bom rrapper do teu geito.
      .
      que a malta consome. com muito prazer.
      .
      que 2017 tenhas mais sucesso duque 2016.

      .
      halla do teu crente
      Gelson Diogo Cassenda
      diretamente do Kwanza sul

      ResponderEliminar

    Deixe Sua Mensagem

    Nome

    E-mail *

    Mensagem *

    Política de Privacidade

    • Nenhuma informação pessoal dos nossos visitantes é comercializada ou trocada com terceiros. Os dados fornecidos por nossos visitantes em qualquer forma de contado, não são transferidas para outro qualquer site.
    • Também não utilizamos os dados, como e-mail, para distribuir... Mais Detalhes

    Translate Site