Testemunha diz alguns factos sobre a trajédia no Uíge | Saiba Mais Lendo

O que se passou no jogo entre Santa Rita de Cassia e Recreativo do Libolo, história...



Boa noite, põe-me em anonimato.
As mortes no estádio não caiu nada o portão, a história foi o seguinte:
O Estádio tem quatro (4) portões, e só abriram um (1) portão para deixar entrar tanta gente, então a polícia da Ordem Pública, com a PIR (Polícia de Intervenção Rápida) não aguentavam a enchente da população, daí começaram a espancar a população e a população deitava pedras contra os agentes. Aí os agentes espancavam sempre a população.


A população revoltou-se e empurrou os portões, os que estavam em frente caíram e foram asfixiados, pisaram-lhes e ouve mortes no local. Eu tive ferimentos e escapei partir o braço.

A culpa é da Direção do Club que estava mais preocupada com dinheiro em relação a organização e em abrir os outros portões, e a polícia sem ética, só espancavam mais velhos jovens e crianças.
Morreu lá um policial . Analisando... Na verdade não houve apenas 17 mortes como inicialmente a TPA anuciava, foram mais de 26 mortes e parece que o número vai aumentar ainda.

Porquê que só acontece com o Recreativo do Libolo ? 😱 


Recreativo do Libolo vs Kabuscorp, Libolo vs Porcelana, agora Libolo vs Santa Rita de Cassia. Será que o Libolo recorre sempre as forças ocultas para ganhar ?



Porquê nunca aconteceu em maior proporção com o 1° D'agosto ou o Petro de Luanda que têm maior números de adeptos ? 



Porquê a polícia se comporta sempre do mesmo jeito em todas as partidas, mostrando-se autoritarios e arrogantes ?

Perguntas que precisamos responder.

A Direção do Santa Rita tem que ser responsabilizada por pensar mais em dinheiro do que no proprio jogo.

Procedência: Página Facebook Portal Uíge News

Sem comentários