Music On: Com o grupo musical Os Complicados de Cacuaco "Somos únicos músicos angolanos com estátua em Angola"

O nosso programa Music On "O Seu Programa De Entrevista" como sempre tem novos convidados, e desta vez tivemos na sexta feira (21) o grupo musical de kuduro, um dos pilares do município de Cacuaco, que por muito tempo encontrava-se parado que anucia estar de regresso ao mercado. Autores dos sucessos Chegou Cacuaco, Que Está Me Doer, entre outros.  
Os Complicados de Cacuaco, grupo composto por 3 membros "Babi Police, Deputado AM e Fogão" onde os primeiros dois membros dizem ter começado a fazer música por inspiração própria, gosto pelo estilo enquanto o Fogão por influência da sua mãe vocalista de um grupo coral.


 Sem mais demora, acompanhe a entrevista, saiba mais sobre os mesmo, e elimine algumas curiosidades.... Acompanhe!!!

  • Surgimento:

"O grupo Os Complicados surgiu em 2005, na altura cada um fazia música a solo, mas por influência sentimental de termos perdido um amigo "Big Duro" pensamos em fazer uma música em homenagem ao mesmo, daí fizemos a música e o pessoal gostou da junção pedindo que tornássemos o trio Os Complicados. Mas considerando, o nosso ano de reconhecimento, identificação foi a partir do lançamento música Chegou Cacuaco e ano de expansão alem do município a partir da música Que Está Me Doer, isto em 2008".

  • Caracterização, hino:
Nós fazemos kuduro melódico, até porque toda música tem uma melodia... Mas como o público fácil domina, fazemos kuduro lamento. As nossas músicas baseam-se em factos reais, em acontecimentos diários.
A música que nós temos como hino, sucesso, é a música Que Está Me Doer que teve muita aderência, fomos reconhecidos como músicos... Em que a partir do momento foi sendo sucesso atrás de sucesso.

  • Sobre inspiração aos Kalunga Mata, Beefes:
Nenhum dos Complicados inspirou-se nos Kalunga Mata, se a voz do Fogão é igual ao do Baila, Deus é que fez, a igualdade de voz não significa nada. E quando dizem que o Babi se inspira no Bebo King, há muita diferença, que Babi Police faz nos Complicados o Bebo e o M King não fazem nos Kalunga... Contudo, nenhum dos flow's que o Babi tem, nenhum dos dois têm.
Aproveito dizer que beefes musicalmente nós tivemos, mas felizmente pessoalmente somos grandes irmãos.

  • Momentos marcantes, melhor participação:
São dois grandes momentos marcantes que nos tivemos até agora, um foi no Tombua em que depois fechamos o espetáculo com muito fogo de artifício. Outro foi num espetáculo da província do Uíge, onde depois de muito tempo ausente do mercado o povo ainda sim gritava por nós em, pediam com que a gente excedesse o número de faixas.
Já agora, uma das melhores participações que já tivemos foi a do W King em Babula, e que já fizemos foi na música dos Satanás em Vai Te Romper.
Sobre a pergunta pilares de Cacuaco isso nós somos, já não há nenhum. Sem dúvidas!

  • Causa da ausência, projectos, apoio:
Para começar, tivemos parado (2013/2016) por causa dos estudos, onde o Babi Police encontrava-se no Uíge e o Deputado AM no Kwanza Norte. Mas graças a Deus ambos terminaram e estão de volta pra começarmos a trabalhar. Projectos novos temos... Vem ai música nova, "Os Complicados" de volta.

Já tivemos vários apoios e patrocínio, mas neste momento estamos sem devido o tempo que ficamos parados. E aproveitamos já dizer que, somos os únicos músicos angolanos com estátua em Angola. Ai vem a nossa estátua, assim a administração municipal garantiu. Isto pelo que já fizemos em pró do mesmo "Cacuaco".

Com os argumentos dados pelos membros dos Complicados, terminamos mais uma das nossa entrevistas exclusiva dentro do programa Music On.

Sem comentários