Internautas insinuam separatismo no seio da Força Suprema: Por quê não o Masta ou Don-G?

Força Suprema é um dos melhores grupos musicais do Rap Lusófono e em particular o Hip Hop Angolano.

Após o king da LS NGA, ter vendido no ano passado o segundo volume do álbum Filho Das Ruas, a produtora Dope Muzik anuncia venda e sessão de autógrafos de mais um álbum e este sendo de Prodígio.


Para alguns uma ótima notícia, mas para outros ainda e em particular àqueles ligado ao grupo selo da productora acima citada a informação não foi bem recebida insinuando separatismo no seio do grupo em questão.

É sabido que o grupo Força Suprema, esses que são os espelhos da Dope Muzik, é composto por 4 elementos e que por causas desconhecidas apenas dois deles NGA e Prodígio já têm álbuns lançados.

Com o anúncio da Dope Muzik sobre a venda e sessão de autógrafos do próximo álbum de Prodígio, Castelos, por parte de alguns fãs e ouvintes da música angolana surgiram palavras, frases insinuando separatismo no seio da productora em questão Dope Muzik, tudo porque uma vez que esses dois artistas já têm álbuns lançados o certo seria um dos outros elementos Don-G ou Masta a adiantarem com lançamento de um álbum.

"Por parte do público heis  a questão: Porquê não o Masta ou Don G  e só NGA e Prodígio?"

Tantos e outros comentários surgiram após o anúncio da venda e sessão de autógrafos. Acompanhe alguns!



Sem comentários